expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

terça-feira, 11 de março de 2014

Água do Mar



A vida no nosso planeta começou no mar. Nosso organismo possui na composição líquida das nossas células a mesma composição em minerais da água do mar, com a única diferença na quantidade encontrada entre ambos. Portanto, o mar traz inúmeros benefícios à nossa saúde.

A água do mar contém vários minerais com efeitos antioxidantes conhecidos, além de imunomoduladores como o selênio, silício e zinco.


O cloreto e o sódio - que dá o salgado à água do mar - é essencial  para o funcionamento normal de todas as células do corpo, incluindo as células envolvidas na resposta imunológica.
Alguns componentes da água do mar não são encontrados na água doce.
No mar são encontrados oligoelementos  eficazes no tratamento de algumas doenças.
Outros componentes trazem relaxamento ao nosso corpo, tiram dores e reenergizam.
A quebra das ondas no corpo promove uma drenagem linfática e estimula a circulação.
Ela possui em sua composição mais de 80 elementos químicos, sendo o sódio o responsável pelo alívio das tensões musculares, além do estímulo oferecido à nossa circulação sanguínea periférica, aumentando assim a oxigenação das células.
Já a presença do cálcio, zinco, silício e magnésio nos auxiliam no tratamento de doenças como artrite, osteoporose e reumatismo.
O sal marinho, rico em cloreto de sódio, potássio e magnésio possui propriedades cicatrizantes e antissépticas.
Nadar ou flutuar no mar ajuda o relaxamento muscular e graças à presença do iodo também favorece a recuperação dos músculos em algumas lesões.
 Sua água também favorece pessoas com problemas respiratórios, sendo ideal para acabar com catarros, tosse com expectoração e a melhora de algumas doenças consideradas mais sérias. Antigamente, não era sem razão que sempre foi recomendado pelos médicos respirar a brisa marinha e dar mergulhos no mar.

O magnésio encontrado em sua composição ajuda a acalmar a ansiedade, ajudando a quem sofre de nervosismo, estresse ou depressão de leve a grave.

O passeio pela praia também tem seus benefícios: massageiam nossos pés graças à textura e constituição da areia e faz uma esfoliação na pele.



Já existem laboratórios que vendem a água do mar engarrafada depois de devidamente purificada.

Mesmo a conta gotas esta água tem um forte efeito de ativação do sistema imunológico.

Um estude feito por um laboratório espanhol mostrou que a água do mar fortalece o corpo contra os vírus, bactérias e outros micróbios patogênicos sazonais, além de reforçar um sistema imunológico enfraquecido.



A talassoterapia é a utilização da água do mar com fins terapêuticos, preventivos ou para melhoria do bem estar.

Nas estâncias de talassoterapia a água do mar é captada diretamente em zonas afastadas da costa e da rebentação para garantir sua pureza e aquecida entre 34 e 37 graus de forma a facilitar a absorção dos minerais através da pele.

Esta terapia pode incluir a aplicação de lamas marítimas ou envolvimento com algas.

São feitos também banhos de piscina, hidromassagem, duchas, banho turco, sauna, massagens e até aerossóis.

Estes tratamentos são feitos com orientação médica e eficazes em várias doenças do sistema  músculo esquelético, sinusite, alergias respiratórias, asma e bronquite crônica.

Portanto, podemos listar alguns benefícios promovidos por esta água:

- relaxamento muscular graças à sua densidade;

- melhora na capacidade respiratória;

- auxiliar na eliminação de toxinas;

- melhora na circulação sanguínea;

- grande ajuda na recuperação muscular devido à presença de sódio;

- na água estamos mais leves, o que diminui o esforço feito pelo nosso coração;

- alivio de dores reumáticas e musculares;

- seu alto teor de magnésio combate a ansiedade;


- revitaliza tecidos.